Panelas wok

Deixe um comentário

1 de julho de 2010 por Felipe Tavares


Dando continuidade a série de acessórios obrigatórios em um cozinha, ao 1º post da série que fala sobre sauteuses e atendendo ao pedido da Ju que falou “que não sabe como sobreviveu sem ela…”. Hoje vou falar sobre as maravilhosas panelas wok.
                                                                           
As woks cumprem as mesmas funções que as sauteuses, com algumas diferenças, além de ter origem chinesa e dar um toque especial quando levada à mesa.
Reza a lenda e o chef Caetano do Senac (rs), que os chineses tinham uma escassez monstro de combustíveis para cozinhar e para as outras atividades. Daí eles criaram uma panela que podia ser levada ao fogão à lenha, que com uma chama central permitia cozinhar os alimentos e ao mesmo tempo manter os já preparados, quentes, utilizando pouca lenha/carvão. 

 Wok da Le Creuset – apenas R$1.142,00

 Wok da Tramontina – R$79,90
As woks podem vir com tampas, alças simples ou duplas, vai depender do modelo que você escolher, ou então construir. Hã? Construir? É, a minha foi feita pelo meu padastro com um disco de arado aposentado e ferraduras.
 Ele aceita encomendas, não precisa ficar com inveja(rs)
Além de saltear, fritar e refogar, algumas woks vem com cestos de bambu para cozinhar à vapor e grelha para defumar alimentos. Quero uma com estes utensílios também. Delícia, não?!
Depois de apresentar a wok, vamos para uma receitinha básica com ela:
Yakibifum
1pct de bifum(macarrão chinês feito de arroz)
2 peitos de frango cozidos e desfiados
1 pimentão cortado em julienne
2 cenouras em julienne
1 salsão cortado em pequenas rodelas
Broto de feijão 
Shitake hidrato em conhaque
Molho shoyo
Modo de fazer
Salteie os legumes na wok com um fio de azeite e shoyo. Comece sempre pelos que demoram mais: cenoura, salsão, pimentão, broto de feijão e shitake. Vá adicionando shoyo, aos poucos. Cuidado para não salgar, hein? 
À medida em que eles forem cozinhando, vá colocando eles pro canto da panela, para permanecerem aquecidos. Assim:
Cozinhe o bifum em uma panela separada. ATENÇÃO: é só jogá-lo na água fervente, deixar 1min, tirar e dar um choque térmico com água gelada. Mais que isso, ele embola todinho.
Salteie o bifum cozido na wok, adicione o frango desfiado, misture tudo e corrija o tempero com shoyo. 

PS: não fique preso à esta receita, você pode utilizar outros legumes e outras carnes.
PS2: faça muito para não passar a mesma vergonha que eu passei neste dia, quando minha prima falou depois que a wok ficou vazia: “Comeria o dobro, Lipe!”

Abraços chineses,

Felipe Tavares

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Receba as atualizações do Indo pra Cozinha por e-mail

Junte-se a 315 outros seguidores

Arquivos

%d blogueiros gostam disto: