Vamos pra cozinha?

3

9 de agosto de 2010 por Felipe Tavares

Todo mundo sempre falava que nada se comparava ao Dia das Mães lá no Rancho Fundo. Como já havia passado por ele e sobrevivi muito bem, nem me preocupei tanto com o Dia dos Pais. Saí no dia anterior, fui num jantar japonês, tomeis várias cervejas e fui dormir lá pelas 1h para acordar às 6h30. É, descubro a cada dia que, como nós cozinheiros não temos finais de semana e feriados, todo dia é dia de festa, de tomar umas e outras e dormir tarde. Afinal, você não vai perder seus amigos e família por causa do emprego, não é mesmo?
A previsão era de 800 pessoas para o Dia dos Pais. Ah, para quem serve +- 500 por dia, isso muda pouca coisa. Só que, ninguém contava com o inesperado, com o valor do pacote que criamos: R$40,00 por pessoa com bebida e comida liberada, com o início do mês, com os dois buffets ao invés de três, e com sei lá mais o quê, que fez com que mais de 1000 pessoas aparecessem para almoçar ao mesmo tempo. Antes de abrirmos a casa já tinha mais de 50 pessoas na porta.
Resultado? Uma loucura, brigas, gritos, muita gente cozinhando, fogões sem trempes disponíveis, fornos lotados, panelas e travessas espalhadas por toda a cozinha, panelas voando o tempo todo para o plonge, nervos à flor da pele e todo nossa mise en place acabando em tempo recorde. Uma experiência para ser lembrada para sempre. 
No final do expediente, todos da cozinha, rastejando pelo chão ainda engordurado, com as nossas botas de açougueiro cheias de restos de comidas, só falávamos uma coisa, além de rezar para que os últimos clientes bêbados fossem embora: “preciso tomar vários “litrões” de Skol quando chegar em casa!” Lembrei na hora de uma leitora daqui do blog que falou que cozinha é uma profissão de gente “faca na bota” e eu ainda completo: faca na bota e sangue no olho. 
Abraços cansados,
Felipe Tavares

Anúncios

3 pensamentos sobre “Vamos pra cozinha?

  1. Anonymous disse:

    Oi Felipe. Desativei meu blog.Orgulho e uma aposta que perdi. Entao agora posto meus comentarios como anonima. Se quiseres receitas e tecnicas da cozinha francesa, posso te ajudar. Boa sorte.Postei um comentario, nao lembro onde.Sobre a minha aposta, a qual perdi. O termo Truffé é usado somente para receitas que utilizam trufas negras e nao pode ser usado para a variedade da cor branca. A revista Thuries tambem teve um dos seus colaboradores penalizados por usar o termo Truffé? O restaurante se nao fechou esta na corda bamba. O guia Michelain nao perdoa!

  2. Fafa,Como assim desativou seu blog? Agora que eu tava começando a acompanhá-lo…Não sabia desta curiosidade a respeito das trufas, bacana saber…Obrigado pela visita!

  3. Anonymous disse:

    Hahaha adorei os "litrões"!beijo Ingrid

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Receba as atualizações do Indo pra Cozinha por e-mail

Junte-se a 312 outros seguidores

Arquivos

%d blogueiros gostam disto: