Desabafos de um cozinheiro

2

7 de setembro de 2010 por Felipe Tavares

Chegando em casa depois de um looongo dia de trabalho em pleno 7 de setembro. Durante todo este feriado, fiquei pensando em muitas coisas sobre esta profissão. E como eu sou um bocão vou compartilhar com você. rs

Para variar, não tive nem um folguinha neste feriado, a última foi na quinta passada. E para variar mais ainda, todo mundo aproveitou o feriado para ir viajar, todo mundo mesmo, família, amigos, irmã, cachorro, gato e papagaio. Afinal, feriado serve para isso, errados são os seres que tem que trabalhar nestes dias. E eu fiquei aqui, alone in the dark. (Olha o drama…rs)

Como fiquei muito tempo sozinho, comecei a pensar em como será esta vida que estou levando a longo prazo. Porque até o momento eu só perdi TODOS os feriados deste ano, mas e daqui há 5, 10, 15 anos? Putz, é muita coisa e são muitos feriados. Alguém aí que está nesta vida há mais tempo, pode me explicar como funciona? Você tem família? Um casamento saudável? Filhos? kkk

Imagina você casado, com filhos, família e agregados e todo feriado é dia de você trabalhar? O povo indo viajar e você ficando aqui porque, para variar, tem que trabalhar?! MELDELS, alguém me ajuda, tô em crise kkk E olha que eu trabalho de manhã, imagina o pessoal que pega das 17h às 1h? Aí é o caos…

Quando eu faço “mimimi” na cozinha por causa dos feriados e fins de semana, ninguém nem me responde nada. Afinal, só eu ali tinha um emprego normal, das 8h às 18h, com direito a fins de semana e feriados. Eles estão nessa há 5,10, 30 anos. Nem devem se lembrar do que é ter um feriado ou o que é dormir pelos menos 2 dias seguidos sem ter hora para acordar. 

Quando estou na cozinha nestes dias nem lembro que é feriado ou fim de semana, aliás, com o passar do tempo você perde a noção dos dias. Você só lembra porque alguém fala: Hoje é quarta feira, dia de Bacalhoada, amanhã é quinta, dia da minha folga ou hoje é sexta, dia de Feijoada e por aí vai. rs 

Não estou infeliz ou arrependido de ter feita esta mudança na carreira, trabalho sempre de bom humor, quando estou na cozinha nem lembro do mundo lá fora, é só farra. Mas quando ponho o pé fora da cozinha, parece que volto para o mundo real e vejo aquele tanto de gente bebendo nos bares, voltando de viagem, a família chegando de novo e penso: Ah é, hoje era feriado. 

Recesso de abraços,

Felipe Tavares
Anúncios

2 pensamentos sobre “Desabafos de um cozinheiro

  1. ju disse:

    A vida nos oferece caminhos e alguns são bem árduos. Mesmo gostando do que se faz, não é fácil enfrentar os obstáculos e além de tudo, ver o resto das pessoas "normais" sentadas à beira desse caminho fazendo piquenique…Não se esqueça de que dias melhores virão.Enquanto isso, pense nos bombeiros, policiais, motoristas de ônibus e de carro funerário, médicos de emergência, pilotos e aeromoças,pessoal da hidrelétrica, soldados nos campos de batalha….

  2. É, o que me conforta é pensar que não sou só eu no mundo a fazer isso! Tem muito mais gente!! Mas, vamo que vamo que a caminhada tá só começando!Obrigado pelo carinho de sempre!bjos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Receba as atualizações do Indo pra Cozinha por e-mail

Junte-se a 309 outros seguidores

Arquivos

%d blogueiros gostam disto: