Atala do meu <3

Deixe um comentário

16 de abril de 2013 por Felipe Tavares

Só se fala de uma coisa no mercado gastronômico desde ontem à noite: o chef Alex Atala lançou oficialmente o Instituo Atá. Como se não bastasse ser tudo que ele é, ainda faz algo mais bacana ainda!

Para quem ainda não viu nada ainda sobre isso, é um instituto que nasce com o objetivo de profissionalizar cadeias de produção de alimentos que são feitos por pequenos produtores neste nosso Brasilzão de meu Deus!

instituto_Atá

Na Carta do Instituto, Atala vai muito além. Fala que é preciso ser revista a relação do homem com o alimento, como é importante entender não só o produto, mas todo seu entorno e dá alguns exemplos dos produtos que eles pretendem apoiar no desenvolvimento. Olha só que fodérrimo:

– Pimenta Baniwa Jiquitaia: “…estamos hoje introduzindo no mercado Baniwa Jiquitaia, ou melhor, pimenta com sal produzida pelas mulheres Baniwa. Além de um fascinante ingrediente para o mundo gastronômico, ela faz parte da defesa da cultura feminina no roçado…”

– Baunilha do cerrado: “…surpreendi-me ao conhecer uma baunilha no cerrado em estado selvagem, não domesticada, um dos sonhos deste Instituto é a domesticação e a estruturação de um consórcio de famílias nas áreas do cerrado, gerando complemento de receita à população carente e um produto de alta qualidade, com um DNA brasileiro, para as mesas do mundo.”

– Mel das abelhas nativas: “…este mel além de expressivas características organolépticas e grande potencial gastronômico, ainda goza de propriedades medicinais…”

Juro que escorreu uma lágrima no meu olho agora…snif snif Coisa mais linda!

Claro que ele não está sozinho nesta, ao lado dele temos: Beto Ricardo, Georges Schnyder, Ilan Kow, Maurício Amaro, Rafael Mantesso, Ricardo Guimarães, Roberto Smeraldi, Rubens Kato e Sérgio Coimbra. Só gente de peso!

Atala já tinha feito algo neste sentido há alguns anos ao lançar a Retratos do Gosto. Marca que profissionalizou e hoje distribui produtos brasileiros que poucos tinham conhecimento e muito menos acesso: mini arroz, alguns tipos de granola, derivados do milho e o feijão guandu.

mini_arroz_packSensacional tudo isso! Espero que esta iniciativa incentive à todos a valorizarem a gastronomia como uma forma de cultura e que pode ajudar muito o Brasil em seu desenvolvimento!

Sucesso à todos os envolvidos!

Abraços orgulhosos,

Felipe Tavares

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Receba as atualizações do Indo pra Cozinha por e-mail

Junte-se a 312 outros seguidores

Arquivos

%d blogueiros gostam disto: