Mago da polêmica

11

1 de julho de 2014 por Felipe Tavares

No último domingo acompanhei uma situação via Instagram no mínimo bizarra e achei super válido colocá-la aqui para um debate.

Se prepara aí porque esse post vai ser estilo revista Contigo.

Vamos por partes:

1) O perfil dos “Destemperados” publicou essa foto de um prato do “Pop Up Restaurant” – food truck de Porto Alegre que tem promovido uma série de jantares itinerantes.

prato_popup

comentario_destemperados

2) O chef Felipe Bronze dos restaurantes Oro e Pipo (é ele mesmo, o Mago da Cozinha do Fantástico) veio logo abaixo e postou esse comentário:

comentario_felipe_bronze

3) Minutos depois ele publicou a foto abaixo em seu perfil (nem adianta ir lá porque ele já deletou a foto e este comentário aí. Ou seja, furo de reportagem do Indo pra Cozinha hahaha)

foto_felipe_bronze

comentario_felipe_bronze2

4) Se você ainda não entendeu a treta que está se formando bem na frente dos seus olhos, veja essa foto ai:

caldinho_pipoRá!

Como vocês puderam ver, o “Pop Up” fez um caldinho de feijão/feijoada com espuma de couve muito parecido com o do Pipo do Felipe Bronze e ele não gostou nada disso.

Choveram dezenas de comentários nos dois perfis. Alguns criticando o “Pop Up” por terem copiado um prato do Bronze; outros falando que ele deveria se sentir honrado por inspirar as pessoas. Aliás, como tem gente sem noção neste mundo, alguns perderam a linha mesmo em defesa do chef e começaram a questionar o “Pop Up” de coisas inimagináveis. No meio dessa zona toda surgiu um comentário da @mstlord que tenho que destacar:

mstlord

Nessa discussão toda, um leitor indagou:”Mas existe plágio na Gastronomia?”; já outro: “Fico com dó do inventor da feijoada” e isso rendeu madrugada à dentro.

Não sou a Raquel Sherazade, mas queria dar minha opinião nisso tudo, pode Produção?

Eu realmente não acredito que exista plágio na cozinha. E, mesmo que você entregue uma receita e os mesmos ingredientes para dois chefs distintos, tenho certeza que o sabor não será o mesmo. Como deve ter sido no caso acima.

O “Pop Up” era obrigado a falar “Prato inspirado no Caldinho de Feijão do Pipo”?

Obrigado não, mas deveria ter feito referência? Talvez sim, talvez não. O que tenho certeza é que um chef desse naipe, deve evitar entrar em tais discussões. Em tempos de Instagram, Foodspotting, Facebook, etc. temos acesso a fotos/informações que antes nem imaginávamos existir. E cada um usa estas informações da forma que bem entender.

Penso que a gastronomia é uma ferramenta de inclusão social e é democrática em diversas situações. Veja bem, eu só posso comer um caldinho de feijão com espuma de couve se eu for ao Pipo no RJ? Se eu quiser aquele Carbonara perfeito do Attimo e não puder ir à SP? O que faço? Morro de vontade nas fotos ou pesquiso e testo receitas até chegar próximo daquele prato?

E você, o que acha disso tudo? O chef tem razão? Existe plágio na cozinha? Ele exagerou?

Pode parecer um pouco louco isso, mas achei um artigo que explica como patentear sua receita e os desafios em provar que uma receita é realmente nova. Clique aqui.

Abraços de paparazzi,

Felipe Tavares

Anúncios

11 pensamentos sobre “Mago da polêmica

  1. Post tão polêmico quanto mamilos #sqn
    Isso é complicado. Mas não acho que chega a processo não. O Felipe Bronze tinha que provar que a receita é dele antes de postar qualquer coisa por aí. E se realmente acha que isso é um plágio, então me diz quem nunca REPRODUZIU uma receita de um chefe renomado? Plágio é uma palavra muito forte, qualé. Nego perde a linha, cara. E essa atitude de alfinetar por rede social? Coisa de criança isso aí. Me senti em meio a uma briga de panicat via twitter, fala sério… Se a receita é do Felipe Bronze ou se é do Pop Up, não me interessa. O que realmente importa é: o copo[?] que me parece mais apetitoso (e o que eu provavelmente escolheria) é o do Pop Up #prontofalei Ainda mais com esse crispy delicious em cima.

    • HAHAHA só vc mesmo! =D
      Acho que foi desnecessária a atitude dele. E uma das graças de cozinhar é justamente essa: pegar um prato famoso e tentar executá-lo em casa, de preferência sem ser acusado de plágio ou cópia. hahah

  2. Felipones,
    te deixo com esses 2 links:

    Que bom que pessoas podem ser inspiradoras e fontes de inspiração, nê? (ate a quebradinha na mousse é igual! MAUAHAHAHAHAHAH)
    Abracao!!!

  3. Julieta disse:

    Estou com medo de um processo por parte do Jamie Oliver….

  4. Nos tempos de hoje quem reivindica autoria de receita e/ou esconde “segredos” tá por fora!! A cozinha é bem maior que isso! Grande abraço!!

  5. Camilla Moraes disse:

    Lipe,
    Fantástico!!!!! Adorei o babado e amo seu blog de paixão.
    Mais um post seu que vai virar sucesso!
    Parabeeeens!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Receba as atualizações do Indo pra Cozinha por e-mail

Junte-se a 309 outros seguidores

Arquivos

%d blogueiros gostam disto: